agritaphttp://www.agritap.com/

Um grupo de produtores de suínos da região do Triângulo Mineiro e Alto paranaíba, sentindo o avanço e a pressão das grandes corporações, viram-se obrigados a se unirem na tentativa de buscar um sistema de integração mais justo, transparente e mais rentável a ambas as partes.

Mais tarde, criou-se uma nova necessidade, a de que esta associação lutasse também pelos interesses dos avicultores (frango e peru) haja vista que, a maioria dos associados que produziam suínos, também tem a atividade de avicultura, muda-se então a razão social da AST para AGRITAP – Associação os granjeiros integrados do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, hoje, todos os associados juntos produzem aproximadamente 12.850.000 frangos a cada quarenta dias, 400.000 perus a cada 130 dias e 600.000 mil suínos a cada 120 dias.

ADMINISTRAÇÃO
A Associação, sem qualquer finalidade Comercial ou fins lucrativos, tem por objetivo promover a união e o desenvolvimento das atividades de suinocultura e avicultura do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, e colaborar com os poderes público, como órgão especializado e técnico-consultivo, no estudo e solução das questões que se relacionem como a criação de frangos, perus e suínos, visando o seu aperfeiçoamento, em todos os seus setores.

FINS ESPECÍFICOS:

– Estimular a produção de suínos, frangos e perus no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.
– Planejar e sugerir medidas tendentes a equilibrar a produção com o consumo.
– Pugnar por uma melhor comercialização de produtos dos granjeiros e pela abertura de novos mercados.

– Incentivar por meio de programas o aumento e o melhoramento da produção, armazenagem e distribuição das matérias primas essenciais à manutenção da avicultura e suinocultura.
– Colaborar com os poderes públicos no cumprimento de leis e regulamentos oficiais referentes às atividades suinícolas e avícolas.
– Divulgar por meio de publicação específica, matérias que atenda aos interesses na suinocultura e avicultura.
– Promover eventos técnicos e científicos com o objetivo de aprimoramento dos associados e técnicos do setor.
– Colaborar com o ensino e pesquisa suinícola e avícola, apoiando as entidades de ensino, pesquisa e extensão.
– Representar a atividade em qualquer circunstância, promovendo à sua imagem e contribuição sócio-econômica para a região e sua influência.