http://tarcisiomanuvei.com.br/

Intérprete, músico e produtor cultural, Tarcísio Manuvéi é conhecido por seu trabalho de difusão da cultura e viola caipiras. Mineiro autodidata (aos 12 anos já tocava violão) e forte representante da cena musical brasileira, Tarcísio Manuvéi apresenta-se na companhia do Viola de Nóis, grupo por ele mesmo fundado.

A trajetória de Tarcísio Manuvéi é avultada pela parceria com o ícone da música raiz Pena Branca (da dupla Pena Branca e Xavantinho), foram 10 anos de união brindados com a gravação de três CDs e shows por todo país. Da convivência com Pena Branca, influenciado pelo trabalho que ele desempenhava com irmão, Tarcísio Manuvéi aprimorou seu fazer artístico, experimentando o diálogo entre música caipira e MPB.

O álbum Longas Estradas (CD – lançado 2010 e DVD – lançado 2011) traz um repertório poético com influências da musicalidade do Brasil profundo, onde os toques ancestrais da viola foram reproduzidos através de músicas de outrora que ainda hoje contagiam o público, além de explorarem canções de amigos e parceiros de lida.

Reconhecido pela crítica especializada Tarcísio Manuvéi recebeu o “Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira” oferecido pelo Instituto Brasileiro da Viola Caipira – IBVC, como o melhor das categorias: grupo de viola (2011/2013) e intérprete (2013). Já o ano de 2014 foi marcado pela exibição do hino não oficial de Minas Gerais – Oh Minas Gerais – interpretado pelo artista e seu grupo, comercial veiculado pela Rede Globo em todo país.

Outro destaque para Tarcísio Manuvéi foram suas presenças constantes no Programa Viola, Minha Viola (da TV Cultura) – vitrine da música caipira no Brasil – apresentado pela saudosa Inezita Barroso. Toda apresentação no programa tinha que seguir com a benção da madrinha Inezita, que tinha grande apreço por ele.

2015 foi a vez do Mil Violas – uma ação coletiva para formação da maior Orquestra de Violeiros do mundo para o Guinness Book, realizado dia 7 de fevereiro, no Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia-MG, por Tarcísio Manuvéi, o encontro reuniu mais de 750 violeiros de 11 Estados e Distrito Federal, dos quais 520 foram oficialmente cadastrados. Além da participação de violeiros profissionais e amantes da viola, o evento ganhou visibilidade nacional através do quadro “Me Leva Brasil”, editado pelo jornalista Maurício Kubrusly, no “Fantástico” da Rede Globo. A matéria foi concluída ao som de dois clássicos da música caipira: “Menino da Porteira” e “Chico Mineiro”, um gigantesco coral de vozes e violas que emocionou milhões de pessoas em todo o Brasil. Um mérito que realça o trabalho de Tarcísio.

Em reconhecimento aos trabalhos realizados e a importância da viola no cenário cultural brasileiro Tarcísio Manuvéi foi convidado pela Nissan a conduzir a Tocha Olímpica no revezamento que aconteceu em Uberlândia, dia 07 de maio de 2016, celebrando a união dos povos, a excelência no esporte, o respeito e a amizade, como parte do maior evento esportivo do mundo. Um momento emocionante, único e inesquecível!